“Sempre imaginei que o Paraíso seria uma espécie de biblioteca.”
Jorge Luis Borges