Nicolau Maquiavel escreveu sua principal obra em 1513, mas o livro só foi publicado em 1532, cinco anos após a morte do escritor

Nesta obra, que é um clássico sobre pensamento político, o grande escritor Maquiavel mostra como funciona a ciência política

Um dos filósofos mais importantes da história da filosofia política, Nicolau Maquiavel, nasceu em Florença, na época do Renascimento (intermédio entre a Idade Média e a Modernidade. Um dos principais autores de sua época, ele escreveu, em 1513, o livro “O Príncipe”, que é um clássico sobre pensamento político. O livro foi compartilhado pelo projeto, de forma gratuita, em Catanduva.

Na obra, o escritor mostra como funciona a ciência política. Como tinha sido diplomata e homem de estado, Maquiavel conhecia bem os mecanismos e os instrumentos de poder. Na obra, ele discorre sobre os diferentes tipos de Estado e ensina como um príncipe pode conquistar e manter o domínio sobre um Estado. Trata daquilo que é o seu objetivo principal: as virtudes que o governante deve adquirir e os vícios que deve evitar para manter-se no poder.

Maquiavel mostra em “O Príncipe” que a moralidade e a ciência política são separadas. Ele aponta a contradição entre governar um Estado e, ao mesmo tempo, levar uma vida moral.

O livro deixou de ser apenas uma leitura de interesse político para se transformar em literatura obrigatória no currículo de historiadores, economistas, sociólogos, advogados e executivos. Suas observações sobre moralidade e ética permanecem espantosamente atuais.

A obra foi escrita durante o exílio de Maquiavel, que tinha sido banido de Florença, acusado de conspirar contra o governo. Mas só foi publicada em 1532, cinco anos depois da morte do autor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top