‘Dona Benta – Comer bem’: um clássico culinário brasileiro

Um dos livros mais querido dos amantes da boa comida, a obra é ‘recheada’ com mais de 1,5 mil receitas

'Dona Benta - Comer Bem' é essencial para quem adora a arte de cozinhar
Com mais de 1 milhão de exemplares vendidos, o livro é essencial para quem adora a arte de cozinhar

Quem gosta de cozinhar sabe que ter a receita, com a quantidade de ingredientes e modo de preparo, em mãos pode fazer muita diferença no resultado final do prato. E hoje é possível encontrar vários livros no mercado pensando neste público que gosta de saber mais sobre técnicas culinárias, ingredientes secretos e até mesmo segredinhos de chefes de cozinha, que contribuem para deixar o quitute com sabor ousado e nada básico.

Rita Lobo, Palmirinha, Bela Gil, Rodrigo Hilbert, Raiza Costa e Olivier são alguns especialistas que lançaram obras em que compartilham receitas com melhores cortes, técnicas de cozimento e combinações de sabor.

E um dos clássicos livros de culinária é o “Dona Benta – Comer Bem”. Com milhões de exemplares vendidos desde o lançamento em 1940, Dona Benta teve os pesos e as medidas ajustados ao paladar dos novos tempos, mas sem alterar a essência das receitas que fazem sucesso do norte ao sul do país há mais de 70 anos.

O livro traz desde o apetitoso risoto italiano de cogumelos secos até o um tiramisu de dar água na boca. Outras receitas clássicas encontradas são: arroz de carreteiro, caldinho de feijão, cambuquira, filé ao molho mostarda e crêpes suzettes. 

E este livro ganhou um novo dono nesta semana. “Dona Benta – Comer Bem”, publicação que já tem quase 70 edição, foi compartilhado pelo projeto Espalhando Histórias. Espero que a pessoa que o encontrou faça muitas receitas saborosas com a sua família!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top